Sessão ordinária, 29 de junho de 2020

0

A Presidente do Poder Legislativo, Cristina Beatriz Rohde (PSDB) abriu a sessão ordinária e colocou a ata da sessão passada em votação, restando aprovada por unanimidade.

PEQUENO EXPEDIENTE:

MARCO ANTÔNIO LARGER (Progressistas) – Solicitou o envio de ofício ao prefeito com cópia ao departamento municipal de trânsito para que providencie a demarcação de pintura na rua 15 de novembro em especial entre as avenidas Marechal Deodoro e Pereira Rêgo. Da mesma forma, pediu a instalação de uma lixeira na esquina da rua General Osório com a Av. Pereira Rêgo. Esteve na localidade de Capoeirinha visitando um amigo e ficou consternado com a condição de trafegabilidade naquele local, mormente nas proximidades da residência de Adriano Nunes Ritzel, pois faz sete anos que a patrola não passa por lá. Larger informou que só saiu da residência do amigo, pois lhe ajudaram a desatolar o seu veículo. Lamentou que as máquinas da prefeitura estejam trabalhando em prol de determinados pré-candidatos a vereador. Lembrou dos inúmeros pedidos feitos pelos vereadores e que não são atendidos, afirmando que para beneficiar uns para angariar votos, daí recuperam as estradas. Ao fim, pediu que seja feito o reparo lá na localidade da Capoeirinha.

JAIRA DIEHL (PTB) – Recordou que no dia 5 de maio pediu o envio de ofício ao executivo municipal questionando sobre o contrato celebrado pelo município para a locação do prédio da antiga Ulbra que sedia o “hospital de campanha”, mas não recebeu retorno, reiterando esse pedido. Lembrou que na sessão passada requereu ao município a remessa das notas fiscais atinentes à compra do caminhão prancha, do trator de esteira e do micro-ônibus, requerendo novamente a remessa do contrato de financiamento celebrado entre o município e o Banco do Brasil. Pediu o envio de ofício ao secretário de Obras requerendo a troca de uma luminária na rua 18 de outubro em frente ao depósito da loja Kottwitz Redemac. Pediu que os condutores de veículos que trafegam pela intendente Albino Lenz tenham cuidado ao utilizar a via que não está finalizada e não possui sinalização e várias crianças brincam e andam de bicicleta pelo local. Sobre a confirmação de mais um caso de covid-19 em Candelária, pediu que a população e principalmente os jovens tenham maior consciência e se previnam, cuidando assim, da sua saúde e dos familiares que ficam em casa.

ALDOMIR SEVERO (PTB) – Pediu a remessa de ofício ao departamento de iluminação pública pedindo reparo na iluminação pública da Vila Botucaraí nas proximidades das residências de Ernani Heatinger e de Darci Padilha. Requereu o envio de ofício ao sec. de Obras pedindo a colocação de material na estrada da Rebentona, mormente nas proximidades do desbarrancado, já que após o patrolamento o local ficou muito liso, causando perigo aos que por ali trafegam. Voltou a falar sobre humildade, lembrando que na sessão passada foi taxado de coitado. Aldomir afirmou que não é coitado, pois coitado é quem usa as pessoas para conseguir o que quer, coitado é quem usa a seca e o agricultor para conseguir o que quer, coitado é aquele que usa cestas básicas para se beneficiar e que usa a máquina pública para se promover.

CELSO GEHRES (Progressistas) – Sobre o pronunciamento do ver. Aldomir, concordou que coitados são os que não tem caráter e usam outras pessoas como escada para se promover. Disse que tinha que ser criado em Candelária o fundo municipal de melhorias e quando fossem realizadas obras de calçamento, o valor pago pelo proprietário à título de contribuição, poderia ser utilizado em benefício dos moradores para a realização dos reparos necessários. Lembrou que no passado havia em Candelária o fundo habitacional e que devido a esse fundo, em meados de 1985 foram construídas 100 casas populares no bairro Ewaldo Prass. Reiterou o pedido de instalação de lixeira na esquina da rua Bento Gonçalves com a Benjamin Constant. Pediu o envio de ofício ao sec. de Obras para que verifique alguns pontos nas estradas da região serrana, pois é preciso colocar material em alguns pontos com a retroescavadeira. Questionou qual a situação do calçamento da rua Paulo Afonso Jacobi na Vila Botucaraí. Ao setor de fiscalização pediu que seja verificado um poste da oi situado entre as ruas 15 de novembro e Marechal Deodoro, que está pendurado apenas pelos fios.

CRISTIANO BECKER (MDB) – Lembrou que de um tempo pra cá se acostumou a fazer a separação do lixo orgânico e seco e na sua residência já é feita a separação há tempos e a entrega do lixo seco e do orgânico já era programada, mas de um tempo pra cá a questão do recolhimento seletivo não está obedecendo uma regra. Pediu que o prefeito informe se ainda é feito o recolhimento do lixo de forma seletiva e em que datas é feita. Larger (Progressistas) disse que fez tal pedido e não obteve retorno. Becker falou sobre a rua Botucaraí e o entrocamento com a Av. Marechal Deodoro pedindo que seja estudada a possibilidade de instalação de uma sinaleira no local. Da mesma forma, problema semelhante de tráfego acontece no rincão comprido próximo ao posto do Gasosa. Celso Gehres (Progressistas) disse que talvez uma pintura na pista já seria o suficiente. Becker percebeu que muitas cidades têm abandonado os semáforos e trocado por rótulas e funcionam direitinho. Aldomir (PTB) lembrou que em Cachoeira do Sul nas cinco esquinas foi feito o sistema de rótulas e que funciona bem. Ao acompanhar o programa do Fantástico de ontem, Becker viu a matéria referente ao auxílio emergencial cujo tema era destinado às pessoas que não precisavam do auxílio, mas se cadastraram e foram beneficiados. Becker refletiu sobre o espelho da sociedade e os julgamentos, pois muitos tiram vantagem e cobram do vizinho, do político uma conduta correta quando eles mesmos não agem corretamente. Se solidarizou com aqueles que precisam e ainda não conseguiram o benefício.

ORDEM DO DIA:

Projeto de lei nº 036/2020- Autoriza o executivo municipal a contratar função temporária em caráter emergencial, e dá outras providências. Aprovado por unanimidade.
Projeto de lei nº 037/2020 – Autoriza o executivo municipal a contratar função temporária em caráter emergencial, e dá outras providências. Aprovado por unanimidade.
Projeto de lei nº 038/2020 – Autoriza o executivo municipal a contratar função temporária em caráter emergencial, e dá outras providências. Aprovado por unanimidade.
Projeto de lei nº 039/2020 – Autoriza o executivo municipal a contratar função temporária em caráter emergencial, e dá outras providências. Aprovado por unanimidade.
Projeto de lei nº 040/2020 – Autoriza o executivo municipal a contratar função temporária em caráter emergencial, e dá outras providências. Aprovado por unanimidade.
Projeto de lei nº 044/2020 – autoriza o executivo municipal a contratar função temporária em caráter emergencial, e dá outras providências. Aprovado por unanimidade.
Projeto de lei nº 051/2020 – autoriza o executivo municipal a contratar função temporária em caráter emergencial, e dá outras providências. Aprovado por unanimidade.
Projeto de lei nº 060/2020 – autoriza a inclusão de ação de governo no ppa e na ldo, e a abertura de crédito adicional especial na lei orçamentária anual, para o exercício financeiro de 2020. Aprovado por unanimidade.

COMUNICAÇÃO DE LIDER:

CELSO GEHRES (Progressistas) – Falou sobre as fraudes nas contas de energia elétrica e alertou os moradores para que fiquem atentas pois elas estão carimbadas com um escrito “aviso de corte”. Em aparte, Sandra Gewehr disse que repostou o alerta nas suas redes sociais, pois também recebeu na sua conta esse aviso e a sua desconfiança veio em razão de sempre pagar as contas em dia, pedindo que as pessoas fiquem alertas. Celso Gehres disse que muitas pessoas não têm acesso à internet e por esse motivo alerta a todos que ouvem a sessão.
>> A próxima sessão acontece no dia 6 de julho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here