Prefeitura faz força-tarefa para orientar pessoas sobre regras de distanciamento

Ação busca preparar a população para decreto que vai permitir aplicação de multas para quem não estiver cumprindo as regras

0
Nesta sexta-feira (31), agentes de saúde percorreram as ruas centrais orientando a população sobre o uso da máscara. Foto: Fernando Cezar/JC

Com o objetivo de orientar a população sobre o uso obrigatório da máscara e ainda quanto as regras de distanciamento social, a prefeitura de Candelária, em especial a secretaria de Saúde, iniciou na tarde desta sexta-feira (31), uma força-tarefa que vai se estender durante o final de semana. A iniciativa busca preparar a população para um novo decreto que vai permitir a aplicação de multas às pessoas que não estiver cumprindo as regras.

Na ação, diversas equipes de fiscalização, devidamente identificados, entre agentes de saúde, Defesa Civil e Bombeiros Voluntários, percorreram as ruas do Centro abordando pessoas sem máscara e estabelecimentos onde o item não estava sendo utilizado. Como autuações ainda não estão valendo, a fiscalização apenas trabalhou como forma de conscientização. Máscaras foram distribuídas e orientações específicas foram feitas às pessoas abordadas.

Conforme o chefe da Defesa Civil do município, Alcioní de Castro, que está participando das abordagens, o objetivo, até o momento, tem sido alcançado. “As pessoas estão aceitando bem e entendendo. Alguns foram relutantes, mas quando as regras mais rígidas estiverem em vigor, esses terão que acatar”, disse.

A secretária de Saúde de Candelária, Grazieli Priebe já havia antecipado que novas ações iriam ser realizadas pela prefeitura devido ao aumento de casos. “Por enquanto é uma ação de orientação das regras de distanciamento, focando principalmente nas pessoas que estão na rua”, disse.

DECRETO

Na próxima semana está previsto o lançamento de um decreto que prevê autuações para quem não estiver cumprindo os regramentos, como a utilização de máscaras e também em aglomerações em locais públicos. A ideia, de acordo com o coordenador do Gabinete de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19, Dionatan Tavares é de apertar o cerco para conter o avanço de casos no município. “A atividade iniciada hoje visa orientar a população para que ela não seja pega de surpresa para quando lançarmos novas regras. É um trabalho extensivo para cobrar as pessoas sobre regras que já estão em vigor há algum tempo”, salientou.

No entanto, o decreto ainda não teve muitas definições, principalmente no que se refere aos valores das multas aplicadas. Segundo Tavares, a intenção é seguir o modelo que começou a ser definido na região. A fiscalização ficará por conta dos mesmos agentes que estavam na rua na tarde de hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here