Ministério da Saúde acredita que vacina de Oxford deve ter 1º lote pronto em dezembro

Governo Federal encomendou 100 milhões de doses. Caso seja eficaz, 15 milhões de unidades devem chegar ao país até o fim do ano

0
Conforme a OMS, cerca de 160 vacinas estão em desenvolvimento no mundo. Créditos: Dado Ruvic / Reuters

O governo federal encomendou 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19 em desenvolvimento na Universidade de Oxford. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, em entrevista ao canal CNN, na terça-feira, dia 28, anunciou a compra. A imunização ainda está em fase de testes. Caso seja eficaz, o primeiro lote de vacinas deve chegar até dezembro. Na primeira etapa, serão 15,2 milhões de doses.

Ainda durante a entrevista, o secretário anunciou que os próximos lotes devem chegar no início de 2021. Segundo ele, serão mais 15 milhões de doses em janeiro, e outras 70 milhões de unidades em lotes sequenciais entre março e abril.

Já há uma estratégia de vacinação definida. Conforme o secretário Medeiros, os primeiros grupos serão os idosos, pessoas com comorbidades e os profissionais da saúde. Segundo ele, o Ministério da Saúde já está mobilizando suas equipes para montar uma estratégia de aplicação das vacinas para “não criar pânico nem tumulto” na população para que seja um processo seguro.

Fonte: CNN Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here