Estelionato: Candelária tem média de um golpe registrado por dia

0
Tentativas de golpes pela internet e pelo aplicativo whatsapp tem ocorrido com frequência em Candelária - Crédito: Divulgação

A Polícia Civil de Candelária abriu investigação para apurar uma série de casos de estelionato e golpes que vem ocorrendo no município. Nas primeiras duas semanas do ano já foram registrados quatro casos envolvendo candelarienses, mas a delegada Alessandra Xavier de Siqueira adiantou que há vários outras ocorrências que foram registradas no final do ano e que vem causando preocupação aos investigadores.

FALSO DEPÓSITO

O primeiro caso registrado no dia 2 de janeiro teve início no dia 17 de dezembro após uma jovem, de 23 anos, residente no Centro de Candelária, publicar em uma rede social a venda de uma gaiola para trilha. Um homem fez contato pelo whats e se interessou em realizar a compra. Após confirmar a negociação, o suspeito informou ter feito o pagamento por meio de transferência bancária online de uma agência de Nova Petrópolis e encaminhou o comprovante para a vítima. Com a comprovação, a gaiola foi liberada e entregue, mas o dinheiro acabou não entrando na conta. O suspeito bloqueou o contato no aplicativo whatsApp e ainda criou uma outra conta fingindo ser do banco para confirmar os dados da transferência.

ON LINE

No dia 4 de janeiro, uma mulher, de 33 anos, residente no Centro, registrou ocorrência após receber mensagens de que teria feito compras em uma empresa e no aplicativo Netflix através do aplicativo do Banco do Brasil. A vítima contestou as compras e bloqueou o cartão de crédito, que pode ter sido clonado. No dia 5, uma mulher, de 65 anos, registrou ocorrência dando conta de que uma pessoa estaria usando a foto de perfil da sua filha para solicitar valores financeiros se passando pela jovem para ser depositado em conta bancária. A mãe informou que não houve depósitos e que registrou o caso com o objetivo de identificar o suspeito.

DELEGADA PEDE QUE AS PESSOAS TENHAM CUIDADO
A delegada Alessandra Xavier de Siqueira salientou que vem percebendo um crescimento nas ações dos estelionatários no município, destacando haver a média de um caso de estelionato por dia registrado na delegacia ou pela internet através da delegacia online. Ela salienta que a maioria dos casos ocorrem devido à ingenuidade das vítimas. “Se recebeu um contato de familiar pedindo dinheiro, procure falar diretamente com o parente e faça a conferência se é a mesma pessoa que está pedindo dinheiro”, frisou. A delegada também pede para as pessoas terem cuidado com transações através do sistema pix. Outra prática corriqueira são as tentativas de golpes usando nudes e de vendas pela internet. Ela confirmou que a polícia já identificou um suspeito, residente em Sobradinho, que estava aplicando golpes em Candelária. “Já identificamos e instauramos inquérito para realizar o indiciamento. O estelionatário é uma pessoa oportunista e as pessoas precisam ter cuidado e sempre conferir as informações, principalmente em redes sociais e aplicativos, para evitar problemas”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here